Governo do Estado Realiza entrega de Títulos Domínio a Produtores Rurais

imagem 000

Foi realizada na última quarta-feira (05), no município de São Mateus a entrega de Títulos de Domínio para Produtores Rurais assistidos pelo Programa Mais Produção da Cadeia Produtiva do Arroz. O ato foi uma ação conjunta entre o governo do Estado através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), o Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma) e a prefeitura municipal. O evento contou com a presença do vice-governador, Carlos Brandão.

“Agora eu posso dizer que tenho uma terra pra plantar e pra colher. São anos de luta e hoje estamos realizando um sonho, que é o recebimento desse título de domínio”, desabafa uma das beneficiadas, Maria do Rosário da Silva.

A ação faz parte de um ‘Projeto Piloto’, envolvendo 60 produtores rurais do município de São Mateus, do Projeto Salangô assistidos pela Cadeia Produtiva do Arroz. E tem como um dos objetivos principais, o acesso ao crédito institucional (BNB, BB, BASA, etc).

O vice-governador, Carlos Brandão ressaltou a importância de ações que fortalecem as atividades no campo, como é o caso da entrega de Títulos de Domínio para trabalhadores rurais.

Já o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Edjahilson Souza destacou os investimentos que o Governo do Estado vem realizando ao longo desses quatro (04) anos para o fomento do setor agrícola. Em destaque aos investimentos no Projeto Salangô, de mais de R$ 3 Milhões, além de uma equipe técnica administrativa e de Ater para o fortalecimento da Cadeia Produtiva do Arroz.

imagem 002

“Todos esses investimentos é para que o produtor possa melhorar de vida. A entrega desses Títulos de Domínio de 8 hectares de terra para cada produtor assistido pela Cadeia Produtiva do Arroz, mostra potencial do produtor rural e a certeza que estamos no caminho certo”, disse Edjahilson Souza.

Cadeia Produtiva do Arroz – A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) em parceria com o Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), adotaram como estratégia de apoio aos produtores assistidos pela Cadeia Produtiva do Arroz, a instalação de uma Câmara Setorial, a qual é composta por várias instituições, entre elas, (Sagrima, Embrapa Cocais, Superintendecia Federal de Agricultura, Conab, Sebrae, Faema/Senar, Codevasf, SindArroz, Famem, Uema, SAF/ Agerp, Seinc, BNB, Aged, com atuação nos seus respectivos elos.

A Cadeia Produtiva do Arroz faz parte do Programa Mais Produção, uma das ações do Governo do Maranhão para o fortalecimento da produção agrícola no Estado.