Governo capacita suinocultores em Itapecuru Mirim

Como mais uma ação para a implementação da cadeia de suínos  do Programa Mais Produção, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAGRIMA) em parceria com a Secretaria Estadual de Trabalho e Economia Solidária (SETRES) e a Prefeitura municipal de Itapecuru Mirim, realizou uma capacitação voltada para suinocultores da região abordando associativismo e cooperativismo.

O curso que capacitou cerca de 30 produtores, durante dois dias, teve por objetivo levar conhecimentos sobre o associativismo, visando a formação da associação de Suinocultores no município para o fortalecimento da atividade na região. Durante a capacitação, foram demonstrados os benefícios ,pontos chaves e fundamentos das ações cooperadas e associadas.

“Estamos muito empolgados, é muito bom ver o estado suprindo uma carência dos suinocultores e fomentando a nossa produção”. Disse Lehon Amorim, criador de suínos de Itapecuru

O Gerente da cadeia de suínos, Leonis Costa ,destacou que esse curso é fundamental para que os produtores possam se organizar e fortalecer sua produção na região. “Esse curso é muito importante, pois o conhecimento que esses produtores estão adquirindo será imprescindível para que se organizem através do associativismo e cooperativismo, podendo assim, concorrer a editais, participar de politicas públicas, além do fortalecimento desses produtores nas tomadas de decisões junto ao agronegócio maranhense.”

O Maranhão possui um rebanho suíno de 1.231.823 cabeças, onde as microrregiões da Baixada, Baixo Parnaíba e Itapecuru se destacam.

Para o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, “a suinocultura tem enorme potencial, que pode ser desenvolvido com medidas como acesso a novas tecnologias, incentivo ao cooperativismo e assistência.”

Igualdade na tributação

Em janeiro, o governador Flávio Dino assinou o Decreto nº 32.595, que estabelece o pagamento antecipado de Imposto Sobre Mercadorias e Serviços (ICMS), nas estradas maranhenses, de gado suíno vivo ou abatido, bem como subprodutos derivados. Pela medida, o governador recebeu dos suinocultores maranhenses uma placa de reconhecimento.

Esse decreto torna a relação de mercado entre produtores locais e de outros estados mais equânime, garantindo a proteção aos produtores maranhenses, com incentivo a toda a cadeia produtiva de suínos no estado. A assinatura do decreto faz parte da ampla política de justiça fiscal promovida pelo Governo do Maranhão para impulsionar o desenvolvimento do estado.